{manda um postal}

l1

EXIF: f/2.8 | 1/2500 seg. | 125 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – julho 2016)

Miradouro da Graça

{dei-te o meu coração}

IMG_2176

EXIF: f/3.2 | 1/2500 seg. | 250 ISO | 8 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – julho 2016)

Muitos não sabem propriamente distinguir
a originalidade da excentricidade:
uma caracteriza o génio, outra manifesta o louco.

(Fernando Pessoa)

{dei-te uma flor}

IMG_2177

EXIF: f/3.2 | 1/2500 seg. | 250 ISO | 8 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – julho 2016)

O amor é a única flor que brota e cresce
sem a ajuda das estações.

(khalil Gibran)

{amores}

IMG_2173

EXIF: f/6.3 | 1/1250 seg. | 250 ISO | 7 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – julho 2016)

Por vezes sentado sozinho na sala,
apenas com o cão por companhia,
pensava que, contrariamente ao que ele supunha,
não eram precisas palavras para entendermos o essencial:
que tudo é uma breve passagem
e que não há outra eternidade senão a da solidão partilhada.

Ou no amor, ou na camaradagem das grandes batalhas,
ou no silêncio de uma sala entre um leitor e um cão.
Talvez estivéssemos a ficar parecidos
e até nos imitássemos um ao outro.

(Manuel Alegre)

{X}

IMG_2073

EXIF: f/2.8 | 1/20 seg. | 640 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – julho 2016)

E, como a existência é monótona,
o tempo chega para tudo,
o tempo dura séculos.

(Raúl Brandão)

PS: esta fotografia peca em nitidez… mas como o grafismo me encantou, eu não resisti…

{wrought iron #2}

IMG_2210

EXIF: f/5.6 | 1/320 seg. | 200 ISO | 7 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – julho 2016)

Agora, uma questão importante:

por favor, não tenhas pena de excluir,
temporariamente ou definitivamente,
seja quem for da tua vida.
Esse sintoma pode relegar a tua vida para
uma constante e generalizada insatisfação.
É o pior que podes fazer, pois além de não te comprometeres
com aquilo que verdadeiramente desejas
e não te permitires caminhar com os bons,
também não consentes que os outros sintam
o verdadeiro impacto que os seus padrões
de comportamento têm e, como tal,
não os excluindo estarás a dizer às suas mentes
que podem continuar a agir assim
pois nada perdem com isso.

A tua pena matar-te-á.

(Gustavo Santos)

{wrought iron #1}

IMG_2152

EXIF: f/5.6 | 1/1250 seg. | 250 ISO | 9 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – julho 2016)

O medo de magoar os outros é uma invenção da nossa mente.
É o pior dos dois mundos: nem tu vives em liberdade de expressão,
nem os outros sabem o que te passa no coração e na cabeça acerca deles.

(Gustavo Santos)

{between us}

IMG_2069

EXIF: f/7.1 | 1/25 seg. | 640 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – panteão nacional – julho 2016)

Quanto mais confiante fores, maior ameaça és.

Quem confia supera-se, é maior e mais alto.
Conquista mais, é mais forte e vê mais longe.
Sabe por onde caminhar,
sabe melhor o que não quer e sabe antecipar-se.
Vive, portanto, melhor preparado para resistir a tudo
e persistir perante qualquer adversidade.

(Gustavo Santos)

{tetos #4}

IMG_2075

EXIF: f/7.1 | 1/40 seg. | 1250 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – panteão nacional – julho 2016)

A simplicidade é o que há de mais difícil no mundo:
é o último reduto da experiência, a derradeira força do génio.

(George Sand)

{tetos #3}

IMG_2017

EXIF: f/7.1 | 1/40 seg. | 1250 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – panteão nacional – julho 2016)

O fim da arte inferior é agradar,
o fim da arte média é elevar,
o fim da arte superior é libertar.

(Fernando Pessoa)

{tetos #2}

IMG_2078

EXIF: f/7.1 | 1/40 seg. | 1250 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – panteão nacional – julho 2016)

O artista tem pois essa experiência com a sua obra:
ele não produziu uma essência igual a ele mesmo.

(Hegel)

{tetos #1}

IMG_2010

EXIF: f/7.1 | 1/40 seg. | 1250 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – panteão nacional – julho 2016)

As criações, obras de arte,
são imaginárias satisfações de desejos inconscientes…

(Freud)

{time to}

IMG_2012

EXIF: f/4.5 | 1/100 seg. | 640 ISO | 21 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(lisboa – panteão nacional – julho 2016)

Que mais quer quem descansa
– Sossego, só sossego –
Da dor e da esperança

(Fernando Pessoa)

{rose}

IMG_1803

EXIF: f/2 | 1/640 seg. | 400 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(fradelos – julho 2016)

Foi o tempo que perdi com a minha rosa que a fez tão importante.

(St. Exupery)

{26}

IMG_1812

EXIF: f/2 | 1/125 seg. | 400 ISO | 6 mm
(edição: PhotoFilter 7)

(fradelos – julho 2016)

Perder tempo em aprender coisas que não interessam,
priva-nos de descobrir coisas interessantes.

(Carlos Drummond de Andrade)

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 29 outros seguidores